Moda Novidades

As principais tendências da São Paulo Fashion Week

Dicas diretamente das passarelas do maior evento de moda do Brasil para a sua loja

Entre os dias 16 e 21 de novembro aconteceu a 52ª edição do São Paulo Fashion Week, o SPFW, que já está consagrado como, simplesmente, o maior evento de moda brasileiro.

Quando falamos da Semana de Moda, estamos falando de um evento que, durante esse período de aproximadamente sete dias, permite que os principais criadores de moda ao redor do mundo exponham o melhor das suas últimas coleções – que foram pensadas para as temporadas futuras.

Essas semanas de moda acontecem, principalmente, em Milão, Nova Iorque, São Paulo, Paris e Londres. Por São Paulo estar no top cinco principais cidades anfitriãs, carregamos a responsabilidade de unir o que há de tendência no Brasil inteiro para ser destaque aos olhos do mundo.

Muita gente ainda olha as peças desfiladas nas passarelas como apenas roupas para um show de moda, mas o que está implícito por trás de todas as peças é que ali se encontram as maiores tendências para as temporadas que virão.

Se você é lojista e quer ficar por dentro do que rolou de mais legal por lá e quer garantir para sua loja de roupas, então continua lendo que a gente fez um resumo de tudo que rolou.

Conceitos

Sustentabilidade: um dos conceitos mais abordados nessa edição do SPFW foi a criação de peças sustentáveis (baixo uso de recursos naturais para a confecção) e usando muito o slow fashion – que é um termo que tem ganhado força nos últimos tempos por ser uma modalidade de produção de moda que respeita o meio-ambiente e defende o consumo consciente de roupas – o que se opõe ao consumismo.

Moda agênero: há um tempo a questão do gênero para as roupas está em pauta e diversas personalidades do mundo todo já trouxeram essa questão ao defenderem que “roupas não tem gênero” em seus looks do dia a dia ou em aparições em eventos e quebram estereótipos. Nessa edição do evento, diversas marcas apostaram nesse conceito.

Atemporalidade: já está muito claro pelas tendências que temos passado, que os estilos vêm e vão, e o que era tendência há 20 anos é tendência hoje novamente. Por isso, um conceito muito pensado pelos estilistas na hora de criar coleções, é a atemporalidade das peças para que, em 20 anos, elas ainda sejam moda.

Cores

Tons neutros: uma cartela de cores que teve presença em peso nos desfiles continha cinza, azul, rosa (os três, na linha mais clara, como o azul e o rosa bebê), off-white, branco e preto, também.

Cores vibrantes: verde, rosa, azul, amarelo, laranja. Os tons mais vibrantes dessa cartela ganharam espaço significativo nas passarelas e provaram, mais uma vez, que o inverno pode ser muito colorido.

Tons terrosos: a paleta que já é consagrada para o inverno veio com tudo nas coleções desfiladas nessa edição da SPFW e as apostas nas combinações de marrom, bege e alaranjado estão bem fortes.

Estampas: há tempos as estampas vêm ganhando mais e mais espaço no coração do brasileiro, seja em uma peça só ou no look completo. Para esse segundo, o conceito de maximalismo foi muito forte nos desfiles – que é, basicamente, “o mais é mais”, então a chuva de estampas em looks completos fez bonito.

 

Modelagens

Ampla: o festival de modelagens amplas nos desfiles foi de encher os olhos. As calças, saias e terceira peças que não ficam nada justas no corpo são tendência e esbanjam conforto.

Recortes: um dos destaques de modelagens que mais chamou a atenção foram os recortes diferenciados. Cortes inovadores que deram um ar completamente inovador para peças clássicas.

Trançados: outro ponto fortíssimo dessa edição da SPFW foram os trançados. As tramas e tranças foram protagonistas de coleções inteiras de algumas marcas. Os tecidos utilizados para fazer essas tranças foram dos mais variados, especialmente o jacquard, algodão, seda, etc.

Estilos

Alfaiataria: há algum tempo, itens de alfaiataria não ficam restritos apenas ao guarda-roupa “social”, mas já foram incorporados com muito estilo ao guarda-roupa mais casual. Por isso, a aposta nesse estilo, repensado para diversos públicos, está muito alta.

Streetwear: a “moda das ruas” tem ganhado muito espaço nas passarelas e nos guarda-roupas mais fashionistas. Itens como camisetas, bermudas e o próprio jeans, protagonizam looks casuais e despojados, cheios de estilo, mostrando que essa tendência pode estar presente em meio à mais alta costura.

Sportswear: o estilo “da academia pra vida” já foi protagonista de diversas coleções ao redor do mundo e é uma tendência que tem ganhado palco e o coração de diversas pessoas. Peças com tecidos como moletom, nylon, e peças como jaquetas e coletes puffer e camisetas em malha arrastão tiveram muito destaque.

Casual: o moletom que marcou presença no estilo street e sport também tem destaque grande no estilo casual e, juntamente, com o jeans protagonizaram a evidenciação desse estilo, conhecido por ser mais “básico e confortável”, mas que não precisa ser necessariamente esquecível.

A SPFW é um evento tão emblemático que é quase impossível resumir tudo o que aconteceu por lá, vale a pena ver os fashion films de cada marca para conhecer um pouco do trabalho e para se encantar com as tendências.